quarta-feira, 24 de junho de 2009

Observações Astronômicas com Binóculos

Audemário Prazeres, Presidentes da Sociedade Astronômica do Recife - SAR

Praticamente, todo interessado pela Astronomia possui um binóculo, e infelizmente não faz uso do mesmo para fins astronômicos. As vezes ele indaga que quer comprar um instrumento de médio porte para fazer uso nas observações, e desconhece que com o seu binóculo é possível observar vários objetos celestes.

É bem verdade, que essa variedade de objetos que agora descrevo, vai depender do nível de poluição luminosa do local onde o observador se encontra, como também, do tipo de binóculo que ele possui. O binóculo que atende a lista de objetos descrita abaixo seria no mínimo um 7X50 ou de preferência um 10X70. É necessário apoiar o mesmo em um tripé do tipo máquina fotográfica, ou improvisando um suporte de madeira fixo em uma escada por meio de fixadores do tipo “boca de jacaré”. Com isto, haverá uma estabilidade do binóculo, não ocorrendo cerca de 30% de perda da imagem em segurar o mesmo diretamente com as mãos. Por último, será necessário que o observador possua um planisfério estelar e uma efeméride astronômica para facilitar a identificação do astro a ser observado.

EIS O QUE É POSSÍVEL SE VER COM UM BINÓCULO:

GALÁXIAS:

a) M31 Andromeda = Galáxia espiral de magnitude 4,8

b) M33 Triangulum = Galáxia espiral, que curiosamente é mais visível por binóculos do que por instrumentos de médio porte. Magnitude 6,7

c) Nuvem Maior de Magalhães = Galáxia irregular bem visível no nosso hemisfério Sul, tendo uma dimensão aparente de 6º

d) Nuvem Menor de Magalhães = Galáxia Irregular, análoga a anterior, e dimensão aparente de 3,5º

NEBULOSAS:

a) M8 Sagittarius = Nebulosa com magnitude 6

b) M16 Serpens = Esta nebulosa, como a maioria, brilha pela ação de pequenos cúmulos de estrelas brancas e azuis em seu interior. Sua mag. é 7

c) M17 Sagittarius = Nebulosa que lembra o número “2”, sua magnitude é 7

d) M27 Vulpecula = Nebulosa planetária, sendo um pouco difícil observar pois sua magnitude é 8e) M42 Orion = “A grande nebulosa”, sua magnitude é 5

CÚMULOS:a) M6 Scorpius = Cúmulo galáctico de magnitude global de 4,3, fácil observação.

b) M13 Hercules = Cúmulo globular, com aparência difusa vista de binóculos. Magnitude 6

c) M37 Auriga = Cúmulo galáctico formado por cerca de 150 estrelas. Magnitude 6,2

d) M44 Cancer = Cúmulo galáctico, possui uma visão excelente vista no binóculo. Magnitude 4,5

e) M45 Taurus = Cúmulo galáctico “As Plêiades”, Muito bonito visto em binóculos.

f) M47 Puppis = Cúmulo galáctico formado por cerca de 50 estrelas de fácil observação.

g) NGC869 e NGC884 Perseus = “O duplo cúmulo”, soberba visão, as vezes são vistos a olho nu.h) Omega Centauri = Cúmulo globular gigante, composto de um milhão de estrelas com mag. Média 4.

ESTRELAS BINÁRIAS:

a) Theta (θ) Tauri = Branca e laranja

b) Ipsilon (ν) Geminorum = grande contrastec) Alfa (α) Leonis = muito brilhante

Nenhum comentário: