quarta-feira, 22 de julho de 2009

O eclipse solar total mais longo da história


Nesta quarta-feira, dia 22, acontecerá um dos maiores espetáculos celestes deste século. O eclipse solar total mais longo da história vai cobrir por completo os dois países mais povoados da Terra, a China e a Índia.


O fenômeno é gigante e poderá ser observado por pelo menos 2 bilhões de pessoas, um recorde histórico, define o astrofísico norte-americano Fred Espenak.

O Eclipse começará a partir das 6h23, na Índia (21h55 desta terça-feira, no horário de Brasília), no lado oeste. Depois, a escuridão vai cobrir um corredor de 15 mil km de extensão e 200 km de largura atravessando toda a Índia, o Nepal, o Butão, Bangladesh, Mianmar e por fim a China.

"Será o eclipse mais longo do século. Nenhum de nós viverá o suficiente para ver outro igual", afirmou Federico Borgmeyer, diretor da agência de viagens alemã Eclipse City.

A possibilidade de acompanhar o fenômeno astronômico inédito movimentou o turismo no Extremo Oriente.

O Parque das Esculturas de Xangai, o melhor lugar de observação da cidade, já vendeu 2 mil entradas para a próxima quarta-feira, incluindo um kit com óculos especial e camiseta comemorativa. Os hotéis da cidade também estão lotados.

Na Índia, um Boeing fretado vai decolar de Nova Déli antes do amanhecer e acompanhar a formação do eclipse total a uma altitude de 12,5 mil metros. Vinte e um lugares do avião ao lado do Sol foram vendidos por U$ 1.700.

A preocupação dos astrônomos e da meteorologia é se o tempo vai ajudar na visualização do eclipse. Na Índia e na China é época das chuvas de monção. A grande quantidade de nuvens, o céu encoberto e a chuva podem atrapalhar o espetáculo.


No Brasil
No Brasil, o próximo eclipse solar ocorrerá no ano de 2023 e poderá ser visto dos Estados do Norte e do Nordeste. Na ocasião o eclipse será do tipo anular, quando um anel solar permanecerá visível em torno da Lua. Eclipse total só será visível em 2045.

www.apolo11.com

Nenhum comentário: