terça-feira, 20 de outubro de 2009

Casa da Ciência leva a Astronomia ao 5º Festival Internacional de Porto Murtinho


Entre o dia 29 de outubro e 1 de novembro acontece a 5ª edição do Festival Internacional de Porto Murtinho - Cultura, Turismo e Pesca. Serão cinco dias de programação agregando a cultura local e também parte da cultura sul-americana com a participação dos países vizinhos, Argentina, Bolívia e Paraguai.

azendo parte desse grande festival, que tem como objetivo a integração de povos e suas culturas, o programa de extensão Casa da Ciência de Campo Grande, pertencente ao Departamento de Física da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul leva a Astronomia a Porto Murtinho.

Por meio do Clube de Astronomia Carl Sagan, projeto que compõe a Casa da Ciência, será realizado a exposição de astrofotografias com abertura no dia 30 de outubro, às 9h no Museu Dom Jaime Aníbal Barrera, que terá suas portas abertas durante os cinco dias de festival. Serão cinquenta imagens de 90x90 cm, incluindo fotos da lua, planetas, galáxias, aglomerados, obtidas pelo telescópio Hubble. E para compor as noites de festival, será realizado observações astronômicas com uso de um Telescópio modelo Schmidt-Cassegrain em que será possível ver com alta resolução a Lua e Júpiter a beira do Rio Paraguai.

Essa atividade de divulgação da ciência integra o cronograma mundial de atividades em comemoração do Ano Internacional da Astronomia, celebrando os quatro séculos desde as primeiras observações telescópicas do céu feitas por Galileu Galilei.

O Festival

O foco do festival é a tradicional disputa dos Touros: Bandido e Encantado, um misto de religiosidade e folclore. Durante a apresentação eles disputam a paternidade legítima do Touro Candil. A apresentação folclórica faz parte da cultura paraguaia e está inserida na festa da padroeira de Porto Murtinho, a Virgem Santa de Caacupê.

A programação diversificada durante todas as noites é pensada para agradar e divertir o público, com shows e apresentações artísticas e culturais, exposição de artesanato e participação de municípios da região sudoeste e entorno e de países vizinhos.

Haverá também outras atrações, como a corrida de chalana, corrida de barcos, dividida em duas categorias, 15 HP e 25 HP, torneio de pesca infantil, juvenil e feminino, torneio de pesca embarcada, além da travessia do rio a nado dividida nas categorias feminina e masculina, canoagem e triatlo.

Nenhum comentário: