segunda-feira, 25 de abril de 2011

O fim da era dos Ônibus Espaciais.

Credito: NASA

Nesta sexta feira 29 de Abril de 2011 acontecerá o lançamento do ônibus espacial Endeavour, missão STS-134, será o seu Ultimo voo para a Estação Espacial internacional (ISS).  

O mais conhecido e antigo ônibus espaciais da atual frota é o Discovery, a sua ultima missão foi concluída em 9 de Abril de 2011 encerrando assim  a história do mais bem sucedido ônibus  espacial norte-americano com 27 anos de serviço, 365 dias no espaço e 5.628 voltas entorna da Terra a 28.000 km/h 

O Atlantis tem seu voo final marcado para junho de 2011, missão STS-135  28/06/11, a  agência espacial norte-americana a utilizará novamente após ter anunciado o fim de seu uso em 2010.


Chegando assim praticamente o fim do programa de Ônibus Espaciais  da agencia espacial norte-americana (NASA) que teve inicio em 1981 como projeto de naves reutilizáveis.
Nestes 30 anos de história foram realizada mais de 130 missões e dois ônibus espaciais sofreram trágicos acidentes. 


O Challenger explodiu 73 segundos após a decolagem durante o lançamento de sua 10ª missão, em 28 de janeiro de 1986.


O Columbia se desintegrou ao reentrar na atmosfera terrestre em sua 28ª missão, em 2003.


Política

A nova política de exploração espacial norte-americana pretende levar astronautas além da ISS em direção a asteróides e a Marte. 


Os ônibus espaciais não podem cumprir este papel.


Ainda como parte desta política, está sendo solicitado que a NASA deixe para empresas privadas o trabalho de levar e trazer astronautas da ISS para se concentrar em veículos que possam atingir maiores distâncias.


Podemos destacar como iniciativa para tal fim já em 2004 o prêmio Xconcurso no estilo das velhas competições aeronáuticas que premiou com US$ 10 milhões à primeira empresa que desenvolveu uma nave tripulada reutilizável para vôos suborbitais. 


Um futuro programa em planejamento para substituição dos ônibus espaciais é a Nave espacial Orion ( NASA).


Fontes:






sábado, 16 de abril de 2011

Observação.

A primeira observação deste ano do Clube aconteceu dia 13/04 (quarta feira)  no corredor central da UFMS, ao lado  do "Sucão".

Foi um encontro descontraído  e altamente construtivo.

Distribuirmos o  Mapa do Céu, que foi utilizado para auxiliar a identificação das constelações, e ainda, achar a posição do planeta visível. É muito divertido procurar constelações com um mapa, entretanto,  mais divertido ainda é fazer isso com varias pessoas. Todos estão de parabéns porque compreenderam direitinho o Mapa do Céu.

Observamos a Lua e  Saturno observamos também aglomerados estrelares como Omega centauro, na constelação de Centauro,  e a Caixinha de Jóias, no Cruzeiro do Sul.
Credito imagem: Fabrício Borges
  
Credito imagem: Rodolfo Langhi
Credito imagem: Rodolfo Langhi











































Tiramos varias fotos da Lua e, não contente, a  filmamos em todo o seu esplendor. Sim nós filmamos a Lua e este é o resultado do belo trabalho de edição feito pela Letícia Simões.
 
Câmera: Sony cyber-shot W-130  Telescópios: Cellestron C-6 150mm f/10,  Ocular: 32mm
Local: UFMS 13/04/2011
Lembrando que, este mês de Abril,  é o mês mundial de observação da Lua e de Saturno.

Mas quem deixou de participar  não fique triste! Teremos outras oportunidades que serão informadas por e-mail, pelo twitter e também pelo Faceboock.  

Estão todos convidados para as próximas reuniões, venha participar e se associe a o Clube!

Grato a Bruna de Almeida pela colaboração na edição do Texto.


terça-feira, 12 de abril de 2011

Há 50 anos...

Imagem: Wikimedia
Há 50 anos, no dia 12 de abril de 1961, o soviético Yuri Alekseyevich Gagarin (1934-1968) viu algo que nenhuma outra pessoa na história havia observado: a própria Terra. Nos 108 minutos entre lançamento e retorno à superfície, a Vostok 1 pôs o cosmonauta no espaço e imediatamente na história. “A Terra é azul”, disse Gagarin de uma altitude de 300 quilômetros ao controle da missão. Quatro anos antes a então União Soviética havia lançado o primeiro satélite, o Sputnik. Depois, o primeiro animal, a cadela Laika.

Mas em abril de 1961 a notícia era Gagarin, uma celebridade internacional instantânea, que passou boa parte dos sete anos seguintes – até sua morte em acidente com um caça Mig – em viagens pelo mundo como representante maior do programa espacial soviético.

Poucos se lembram de Alan Shepard ( Primeiro cosmonauta norte-americano a ir ao espaço em Maio de 1961)  ou Scott Glenn, que subiram ao espaço em seguida, mas Gagarin foi tão popular a ponto de o nome Yuri ser preferido para batizar legiões de meninos pelo mundo nos anos seguintes, inclusive no Brasil. A imagem do sorridente cosmonauta virou propaganda máxima de um país e um regime que lutava para vencer a pobreza ao mesmo tempo em que disputava a liderança política mundial com os Estados Unidos.

Painel de controle Vostok 1
A missão foi inteiramente controlada pelo centro de controle em terra - a única coisa que Gagarin tinha ao seu dispor era um "botão de pânico" em caso de alguma emergência.










Vostok 1 avariada pelo atrito com a atmosfera
Hoje a noite será a estreia mundial do filme  "First Orbit", que reconstitui o voo do astronauta russo, realizado com imagens obtidas a bordo da Estação Espacial Internacional,  disponibilizado  no Youtube (por enquanto legenda só em inglês) estará disponível  também para Download gratuito no site da first orbit.



Todos a imagens são de domínio publico.

Creditos:

Planeta Universitário 

domingo, 3 de abril de 2011

Primeiro informe de 2011

Estamos de volta, agora com o blog em novo design* e muitas novidades.

Começando pela novíssima sala da Casa da Ciência localizada no correr central da UFMS ao lado do DCE, é nesta sala aonde o Clube irá se encontrar semanalmente para a exibição de filmes e documentários.  Teremainda a realização de palestras, workshop, oficinas e muito mais.

Programação do Clube para este primeiro semestre de 2011.

Toda segunda-feira as 15h teremos um encontro do clube nesta mesma sala.

Iremos intercalar entre filmes, documentários, palestras, oficinas  etc.  Os integrantes serão informados antecipadamente por e-mail e a programação será divulgada aqui no blog, twitter e facebook.
Um breve histórico do que já aconteceu este semestre.

Já no primeiro encontro fomos agraciados pela presença do prof. Suintila com o seu foguete a combustível liquido  que possui um belíssimo sistema de paraquedas cronometrado, o foguete  também foi dotado de um sistema de segurança que permite a sua ignição a distancia  com contagem regressiva além de um sistema para abortar o lançamento se necessário.

Não se confunda com os termos técnicos. O combustível é apenas ar comprimido e água e o foguete é feito de garrafa Pet.
O prof. Suintila lembrou que aprendeu a montagem do foguete no X EREA, e de lá para cá, fez algumas melhorias no sistema, usando, então, o foguete como incentivador da ciência nas suas aulas de Física.
O próprio professor afirma que todo material necessário está na internet, e inclusive a OBA faz competições de foguetes balísticos e tem o projeto inicial do foguete Pet de excelente qualidade.


E por fim, houve o lançamento do foguete. O sistema de paraquedas não funcionou corretamente, o que o Suintila atribui à popular “Lei de Murphy”, uma boa colocação, já que o paraquedas não se ejetou de sua cápsula que se encontrava devidamente aberta.


Veja o lançamento,clicando aqui

Isso não tirou o brilho do foguete nem de sua engenhosidade, e já estamos aguardando  novos lançamentos.

No segundo encontro assistimos ao primeiro episódio da serie O Universo, chamado  O Segredo do Sol.

Contamos com vocês nos próximos encontros.

* O novo design do blog foi generosidade do Marco Antonio. Ficou bacana!