terça-feira, 4 de setembro de 2012

Nasa descobre milhões de buracos-negros supermassivos

O telescópio WIDE teria identificado 2,5 buracos negros - número 3 vezes maior do que o identificado por pesquisas anteriores.

Durante uma missão de 14 meses, o telescópio WIDE teria identificado 2,5 milhões de buracos negros supermassivos, desconhecidos anteriormente, espalhados pelo cosmos.

De acordo com o astrônomo Daniel Stern, da Nasa, o WIDE descobriu uma "Bonanza" de buracos negros, um número maior do que o indicado por pesquisas anteriores. E eles não seriam buracos negros simples, eles forneceriam energia para quasares, regiões compactas, localizadas nos centros de galáxias, capazes de liberar enormes quantidades de energia (alguns são um trilhão de vezes mais brilhantes que o Sol).

Apesar de serem muito brilhantes, é difícil observá-los pela enorme quantidade de poeira espacial que eles absorvem - e é aí que a aparelhagem sensível da WISE entra. Na imagem abaixo, os círculos amarelos seriam os 'candidatos' a quasares identificados pelo telescópio - apenas em uma porção do céu, não estão todos ali.

Possíveis Quasars identificados pelo WISE // Crédito: NASA

Hot Dogs não - Hot DOGs


Ao mesmo tempo, a Nasa anunciou a descoberta de mil galáxias quentes, escondidas por poeira - batizadas de Hot DOGs (Hot, Dust Obscured Galaxies). Elas seriam muito raras e cada uma delas é mais brilhante, quente e mais cheia de energia do que qualquer galáxia que conhecíamos anteriormente. A imagem abaixo retrata a localização de algumas dessas Hot DOGs.

Astrofísicos acreditam que elas sejam um estágio intermediário na colisão entre duas galáxias espirais, processo que, eventualmente, formaria uma única galáxia elíptica. Aliás, é possível que isso aconteça com a nossa própria Via Láctea: ela deve colidir com a vizinha Andrômeda daqui a 2 bilhões de anos.

HotDOGs encontradas pelo WISE // Crédito: NASA

Fonte: Io9

Nenhum comentário: