segunda-feira, 21 de abril de 2014

Kepler-186F O Primeiro Planeta do "Tamanho" da Terra

Usando o telescópio espacial Kepler, da NASA, astrônomos descobriram o primeiro planeta do tamanho da Terra orbitando uma estrela na "zona habitável", o planeta está a uma distância de sua estrela onde a água pode permanecer líquida sobre a superfície do planeta.


Embora o tamanho de Kepler-186F é conhecido, a sua massa e composição não são. As pesquisas sugerem que um planeta do tamanho da Terra é rochoso.

Kepler-186F reside no sistema Kepler-186, a cerca de 500 anos-luz da Terra, na constelação do Cisne. O sistema também é o lar de outros quatro planetas que orbitam uma estrela da metade do tamanho e massa do nosso sol. A estrela é classificada como uma anã M, ou anã vermelha, uma classe de estrelas que compõe 70 por cento das estrelas na galáxia da Via Láctea.

Kepler-186F orbita sua estrela uma vez a cada 130 dias e recebe um terço da energia de sua estrela comparado ao que a Terra recebe do sol, colocando-o mais próximo da borda externa da zona habitável. Na superfície do Kepler-186F, o brilho da sua estrela ao meio-dia é tão brilhante como o nosso sol aparece-nos cerca de uma hora antes de anoitecer.



"Estar na zona habitável não significa que este planeta é habitável. A temperatura no planeta é fortemente dependente do tipo de atmosfera do planeta", disse Thomas Barclay, pesquisador do Instituto de Pesquisa Ambiental da área da baía de Ames, e co-autor do artigo. "Kepler-186F pode ser pensado como um primo da Terra, em vez de um gêmeo-Terra. Ele tem muitas propriedades que se assemelham a Terra.

" Os quatro planetas companheiros, Kepler-186b, Kepler-186c, Kepler-186d, e Kepler-186e, orbitam em torno de seu sol a cada quatro, sete, 13 e 22 dias, respectivamente, tornando-se quente demais para a vida como a conhecemos. Estes quatro planetas interiores todos medem menos de 1,5 vezes o tamanho da Terra.

Os próximos passos na busca de vida distante são olhar para os verdadeiros terrestres gêmeos e medir as suas composições químicas. O telescópio espacial Kepler, que simultaneamente e continuamente mediu o brilho de mais de 150.000 estrelas, é a primeira missão da NASA capaz de detectar planetas do tamanho da Terra em torno de estrelas como o nosso sol.

Para quem levantar de madrugada, as 3:50 por exemplo, basta encontrar a constelação do Cisne no céu, o planeta Kepler-186f que pertence ao sistema Kepler-186 estará na "asa esquerda" dentro da área do Cisne. No sistema Kepler-186 existem agora cinco planetas conhecidos.



fonte: NASA http://www.nasa.gov/ames/kepler/nasas-kepler-discovers-first-earth-size-planet-in-the-habitable-zone-of-another-star/#.U1W4uVRdWBN
software Stellarium 0.12

Nenhum comentário: