segunda-feira, 23 de abril de 2012

Estudantes de Aquidauana poderão realizar trilhas espaciais

Coordenador do Clube de Astronomia Carl Sagan, Thiago Valério ( a esquerda), capacitando Monitores do Anarco
 para montar e operar o Telescópio C11.  

O Projeto Expedições Anarco Pedagógico Atemporais recebeu no sábado, dia 21/04, um telescópio Celestron – Shimidt com capacidade de observação astronômica detalhada.

O equipamento, avaliado em cerca de R$ 14 mil foi viabilizado por meio da parceria firmada entre o projeto e o Programa Casa da Ciência da UFMS.

O Projeto atua desde o ano de 2009 e já levou mais de 3 mil estudantes até as trilhas interpretativas interdisciplinares dos Sítios Arqueológicos Córrego das Antas e CERA I e II, além de percorrerem a região da Nascente do Córrego João Dias, localizada na Aldeia Limão Verde.

Nas trilhas, acompanhados de monitores acadêmicos que abrangem várias áreas da ciência, os estudantes tem a oportunidade de realizar o estudo do meio ambiente e verificar in loco o estado de conservação das áreas visitadas.

Já em 2012, o grupo já realizou duas trilhas, sendo uma delas até o Sítio Arqueológico CERA I e a outra até o Sítio Arqueológico Córrego das Antas, na região da Furna dos Baianos. A agenda do projeto já está completa até o mês de maio e já constam atividades com escolas da cidade e de municípios vizinhos.

O projeto de educação ambiental e patrimonial desenvolvido pelo grupo teve início com estudantes da Escola Estadual Geraldo Afonso Garcia Ferreira e logo se estendeu as demais escolas de Aquidauana e região, tendo registrado nestes anos de execução a participação de escolas públicas e privadas das cidades de Jardim, Guia Lopes da Laguna, Dois Irmãos do Buriti, Campo Grande, atraindo a atenção de pesquisadores de várias instituições como UNESP e UFGD.

NO ano de 2010 o grupo incluiu a atividade denominada Trilhas Espaciais em parceria com o Clube de Astronomia Carl Sagan, projeto de pesquisa e divulgação de astronomia integrante do Programa de Pesquisa Casa da Ciência.

No fiinal do ano de 2010, o grupo anarcos sediou em Aquidauana o I Encontro Nacional de Trilhas Interpretativas que reuniu mais de 200 acadêmicos e pesquisadores das áreas ambientais e de ensino de ciências no CPAQ/UFMS o que consolidou o Projeto como uma das mais importantes iniciativas da área em todo o estado.

Atuando de maneira independente e acadêmica, o grupo firmou no início do ano seu ingresso no Programa de Pesquisa Casa da Ciência da UFMS e agora, com o equipamento de observação astronômica poderá disponibilizar às escolas públicas e privadas de Aquidauana e região a atividade de divulgação da astronomia como mais um elemento motivador de divulgação científica.

No sábado, uma equipe do projeto se reuniu com integrantes do Clube de Astronomia para receber treinamento de montagem, manuseio e cuidados a serem tomados com o telescópio.

As escolas interessados em receber as atividades do projeto podem entrar em contato pelo blog.


Nenhum comentário: