segunda-feira, 25 de novembro de 2013

Foguete russo bate recorde de satélites colocados em órbita

Lista dos 32 satélites colocados em órbita pelo antigo míssil nuclear. No destaque, o PocketPUCP-Sat, o menor satélite artificial totalmente funcional já lançado. [Imagem: Dombarovsky/Nader/st2nh]

Mísseis em missão de paz


Um antigo míssil nuclear, fabricado em 1984 na antiga União Soviética, bateu o recorde de quantidade de objetos lançados simultaneamente ao espaço.

O foguete DNEPR, convertido para missões de paz, foi lançado a partir de um silo de míssil nuclear também convertido em plataforma de lançamento espacial, em Dombarovsky, na Rússia.

Foram levados com sucesso ao espaço nada menos que 32 satélites, a maior parte CubeSats, pequenos satélites de pesquisa do tamanho de uma caixa de sapatos ou menores.
O recorde foi batido apenas alguns dias depois de um foguete Minotauro 1, dos Estados Unidos, haver colocado em órbita 29 CubeSats.

E mesmo o recorde russo não deverá permanecer muito tempo, na medida que cresce o interesse pelos CubeSats.

Com a miniaturização dos equipamentos eletrônicos e dos sensores, os minúsculos satélites, que geralmente são cubos com apenas 10 centímetros de cada lado, tornaram-se plataformas interessantes de observação, sobretudo para universidades.

Menor satélite espacial já lançado


O foguete DNEPR tinha como carga principal o satélite DubaiSat-2, dos Emirados Árabes Unidos, uma plataforma de observação da Terra pesando 300 kg.

Já o PocketPUCP-Sat, da Universidade Católica do Peru, tornou-se o menor satélite artificial já colocado em órbita, medindo 8 centímetros e pesando 97 gramas - ele foi lançado a partir do cubesat PUCP-Sat-1.

Fonte: Inovação Tecnológica

Nenhum comentário: