sexta-feira, 20 de março de 2009

[Projeto]Com o pé no pátio e o olho no céu

Em 2009 comemora-se o 'Ano Internacional da Astronomia'. Neste ano, celebram-se os quatro séculos desde as primeiras observações telescópicas do céu feitas por Galileu Galilei. Esta será uma celebração global da Astronomia e suas contribuições para o conhecimento humano. Será enfatizada a educação, o envolvimento do público e o engajamento dos jovens na ciência, através de atividades locais, nacionais e globais. O interesse do público pelo espaço cósmico nunca foi maior, colocando as descobertas astronômicas na primeira página da mídia.

O Ano Internacional se propõe a satisfazer a demanda do público por informação e por envolvimento, não só ao longo do ano de 2009, mas através da herança desta celebração, criando canais de comunicação, atividades, programas educacionais a longo prazo e engajando jovens na carreira científica. Este projeto, que conta com o apoio do Clube de Astronomia da Casa da Ciência, atuará na cidade de Campo Grande juntos as escolas da rede pública e privada e parques, com atividades de observação do céu, palestras, seminários e minicursos para jovens, professores e interessados em geral. Desta forma, trará a astronomia para o cotidiano de cada individuo e também difundirá o conhecimento científico e tecnológico para o público em geral.

Objetivos

- Alcançar um público mínimo de dez mil pessoas, somadas durante os eventos de observação do céu no decorrer do ano de 2009.

- Atingir vários segmentos de público, partindo das crianças até os idosos, dos leigos aos já familiarizados com a astronomia.

- Promover eventos de observação do céu com ou sem o auxílio de telescópios, lançando a idéia de ocupação das praças e parques no período noturno com atividades proveitosas.

- Demonstrar à população em geral noções astronômicas básicas, despertando o interesse para o aprofundamento no cotidiano.

- Levar a astronomia até as escolas e colégios da cidade. Focalizar na criação do hábito de estudar e exercer as ciências.

- Conduzir treinamentos para os professores das redes de ensino pública e privada.

- Incentivar a astronomia individual e a criação de grupos de astrônomos amadores.

- Publicar material didático, lúdico e colecionável com informações científicas do meio astronômico.

Nenhum comentário: